Textos Romanticos

Ao verdadeiro amor

26/11/2009 14:05
As paixões passam e as ilusões desaparecem, mas o verdadeiro amor jamais morre. A cada dia, a cada sorriso e a cada abraço você se sente mais fortalecido. Quando se percebe realmente amando, você muda completamente. Parece que a felicidade te invade por todos os lados.

O verdadeiro amor é construído com o tempo e em bases sólidas, cheias de certezas e carinhos um pelo outro. Pode ir surgindo do nada, nascido de um sorriso bobo e se edificar aos poucos. Devagar você vai conhecendo a outra pessoa, se aproximando cada vez mais e quer estar sempre ao lado dela. Algo puro e envolvente te invade. Estar ao lado de alguém sem receios é um dos grandes encantos que a vida nos oferece.

A certa altura os dois já não conseguem disfarçar a alegria por estarem juntos. Quando se encontram só conseguem se olhar. Quando estão distantes sentem falta um do outro, mas o verdadeiro amor faz com que, nesses momentos, a pessoa se sinta ainda mais fortalecida, pois a distância mostra que, quando se ama, se confia. Quando chega a hora do reencontro, os dois se sentem muito mais unidos.

Quando se percebe amando as palavras às vezes se tornam desnecessárias: basta um olhar, um sorriso, uma acolhida. Enfim, basta o interesse mútuo, que é traduzido em paz, alegria, harmonia.

>>

Presença!

26/11/2009 14:05

Como viver, depois de ter sentido você?
Sei que vou sofrer…
Sei eu vou me machucar…
Mas o que fazer agora?
Você é puro veneno…
Entranhou-se em mim!
Princípios, educação, não fujam…
Não me deixe só.
Sono, venha e feche meus olhos,
Dormir sem sonhar é meu desejo,
Fecho os olhos, vejo e sinto você,
Mais presente do que nunca!
Sinto seus olhos, seu rosto, suas mãos,
Sua boca quente a abrir a minha,
Que simplesmente se entrega ao seu desejo!
Na anciã de receber você me abro,
Seu corpo no meu vai entrando,
Misturando num repente intenso,
Os sinais de alegria e gozo,
Que fazer agora?
-Olha, querido como estou chorando!
Estou aqui à sua espera,
Com o coração a gritar,
Amo você, desejo você,
Sinto você nos meus sonhos,
Sinto você nas minhas lembranças!
Nunca mais nos veremos, eu sei!
Não importa,
O sol, o ar, até a lua…
Me fazem sentir o seu cheiro,
Você…
Bem presente na ausência sua,
Que fazer agora?
Não tenho, mas sinto você,
Seu calor, seu ardor, sua timidez,
Sinto tão forte sua presença ausente…
Seu dedos no meu corpo, sinto-os todos,
Sua língua me leva a um mundo de êxtase,
Junto sentimos o gozo chegando,
Num misto de amor e paixão.
Se vejo o sol vejo a imagem sua,
Também de você me faz lembrar a lua
E vou vivendo de recordação!

>>

Opostos se atraem?

26/11/2009 14:04

Quem nunca ouviu a frase:”os opostos se atraem”.Mas no amor isso nunca serviu de regra,
apenas é uma frase solta num mundo cheio de egoísmo e sem conhecimento sobre o que é o amor.
A verdade é que ninguém gosta de conviver com alguém que dispunha de ideais e projetos totalmente diferente dos seus(não estou falando de personalidade,isso é uma outra questão),
Um relacionamento em sintonia, está sem dúvida ligado ao compartilhamento de ideais e sonhos;quando temos os mesmos objetivos,(e por que não gostos também?)estamos mais sujeitos a realizá-los;
uma vez que dois podem sonhar com mais intensidade os mesmos sonhos e buscá-los com mais força.
Pessoas com pensamentos diferentes dificilmente encontraram a harmonia perfeita de seus projetos.Podemos afirmar que as regras do amor são criadas por nós mesmos,
mas essas regras determinaram se seremos felizes ou não.Dizer que os opostos se atraem é algo que apenas é uma constante quando nos referimos as polaridades magnéticas de um imã.
No amor é fundamental ter pensamentos iguais,mas não estou dizendo que uma relação não vá dá certo por incompatibillidades de idéias;
muitas pessoas preferem a infelicidade de estar com alguém que não ama a ter que sentir solidão ou sofrer tentando encontrar a alma gêmea.
Encontrar alguém com quem possamos compartilhar nossos ideais,sem ter que obrigá-la sonhar conosco,é gratificante.
Vale a pena esperarmos e sermos “seletivos” em nossas escolhas.
Faça suas regras,mas tenha consciência do que elas podem causar.

>>

A Emoção do amor

26/11/2009 14:04

Quando nasce o amor?
Quando estamos carentes e alguém se aproxima com mãos estendidas?
Ou quando nos abrimos para a vida e despertamos paixões?

Será que existe uma lógica no amor?
Somos nós quem decidimos a hora de amar, ou o amor é realmente um laço, um passo para uma armadilha?Se podemos viver o amor, por que nos ausentamos, por que nos decepcionamos tanto e queremos fugir dele?
Por que apostamos tanto em alguém, e chagamos ao ponto de transferir nossa felicidade para outras mãos?Será medo da realidade, uma fuga de nós mesmos?
Será que é possível viver um amor onde apenas a verdade, e somente a verdade seja a base da relação?.
Será que devemos evitar a máscara que colocamos no amor? Será que devemos ser tão realistas e secos para evitar a dor?

A dor, o amor, o calor, o desejo, o momento, a vida, uma explosão de todas as cores, de todos os sentidos, se você não se lembra mais, o amor provoca vertigens, espalha fogo por todos os lados, é um querer até sem querer, é uma transformação radical em nosso metabolismo físico, mental e espiritual, quando amamos chegamos mais perto dos anjos…

Por isso, se tiver que optar, entre o vazio da razão, por medo de sofrer uma decepção e amargar meu dia, ainda assim, prefiro o risco do amor, que embeleza a vida, dá motivação renovada, e transforma o mundo, as pessoas e as atitudes, deixando tudo mais bonito, leve e eterno.

O amor é eterno, mesmo quando dura pouco, a emoção nunca se perde, as pessoas vão, partem, mas fica sempre um perfume de saudade, fica sempre uma recordação gostosa, por isso, amar sempre vale a pena. só os tolos tem medo de amar…

>>

Os olhos

26/11/2009 14:03

Havia uma garota cega que se odiava pelo fato de ser cega!
Ela também odiava a todos, exceto seu namorado!
Um dia ela falou que se pudesse ver o mundo, se casaria com seu namorado.
Em um dia de sorte, alguém doou um par de olhos a ela!
Ela então, radiante, tão logo retirou as vendas, quis ver seu amado!
Então seu namorado perguntou a ela:
Agora que vc pode ver o mundo, vc se casará comigo?
A garota, estupefata, percebeu que seu namorado era cego! Ficou chocada!
Ela disse: Eu sinto muito, mas não posso me casar contigo, porque você é cego!
O namorado afastando-se dela em lágrimas disse-lhe:
“ Por favor, peço-te então , apenas, que cuide bem dos meus olhos!

>>

A loja de cd

26/11/2009 14:03

Era uma vez um garoto que nasceu com uma doença que não tinha cura.
Tinha 17 anos e podia morrer a qualquer momento. Sempre viveu na casa de seus pais, sob o cuidado constante de sua mãe.
Um dia decidiu sair sozinho e, com a permissão da mãe, caminhou pela sua quadra, olhando as vitrines e as pessoas que passavam.
Ao passar por uma loja de discos, notou a presença de uma garota, mais ou menos da sua idade, que parecia ser feita de ternura e beleza. Foi amor a primeira vista.
Abriu a porta e entrou, sem olhar para mais nada que não a sua amada.
Aproximando-se timidamente, chegou ao balcão onde ela estava.
Quando o viu, ela deu-lhe um sorriso e perguntou se podia ajudá-lo em alguma coisa. Era o sorriso mais lindo que ele já havia visto, e a emoção foi tão forte que ele mal conseguiu dizer que queria comprar um CD.
Pegou o primeiro que encontrou, sem nem olhar de quem era, e disse
- “Esse aqui”.
- “Quer que embrulhe para presente?” – perguntou a garota sorrindo ainda mais e ele só mexeu com a cabeça para dizer que sim. Ela saiu do balcão e voltou, pouco depois, com o CD muito bem embalado. Ele pegou o pacote e saiu, louco de vontade de ficar por ali, admirando aquela figura divina.
Daquele dia em diante, todos as tardes voltava a loja de discos e comprava um CD qualquer. Todas as vezes a garota deixava o balcão e voltava com um embrulho cada vez mais bem feito, que ele guardava no closet, sem nem abrir.
Ele estava apaixonado, mas tinha medo da reação dela, e assim, por mais que ela sempre o recebesse com um sorriso doce, não tinha coragem para convidá-la para sair e conversar. Comentou sobre isso com sua mãe e ela o incentivou, muito, a chamá-la para sair.
Um dia, ele se encheu de coragem e foi para a loja. Como todos os dias comprou outro CD e, como sempre, ela foi embrulhá-lo.
Quando ela não estava vendo, escondeu um papel com seu nome e telefone no balcão e saiu da loja correndo.
No dia seguinte o telefone tocou e a mãe do jovem atendeu.
Era a garota perguntando por ele. A mãe, desconsolada, nem perguntou quem era, começou a chorar e disse: “Então, você não sabe? Faleceu essa manhã”.
Mais tarde, a mãe entrou no quarto do filho, para olhar suas roupas e ficou muito surpresa com a quantidade de CDs, todos embrulhados. Ficou curiosa e decidiu abrir um deles. Ao fazê-lo, viu cair um pequeno pedaço de papel, onde estava escrito: “Você é muito simpático, não quer me convidar para sair? Eu adoraria”.
Emocionada, a mãe abriu outro CD e dele também caiu um papel que dizia o mesmo, e assim todos quantos ela abriu traziam uma mensagem de carinho e a esperança de conhecer aquele rapaz.
Assim é a vida: não espere demais para dizer a alguém especial aquilo que você sente. Diga-o já; amanhã pode ser muito tarde….

>>

História de amor

26/11/2009 14:02

Era uma vez uma ilha, onde moravam os seguintes sentimentos: a alegria, a tristeza, a vaidade, a sabedoria, o amor e outros.
Um dia avisaram para os moradores desta ilha que ela ia ser inundada. Apavorado, o amor cuidou para que todos os sentimentos se salvassem; ele então falou:
_ Fujam todos, a ilha vai ser inundada.
Todos correram e pegaram seu barquinho, para irem a um morro bem alto. Só o amor não se apressou, pois queria ficar um pouco mais na ilha.
Quando já estava se afogando, correu para pedir ajuda.
Estava passando a riqueza e ele disse:
- Riqueza, leve-me com você.
Ela respondeu:
- Não posso, meu barco está cheio de ouro e prata e você não vai caber.
Passou então a vaidade e ele pediu:
- Oh! Vaidade, leve-me com você.
- Não posso você vai sujar o meu barco.
Logo atrás vinha a tristeza.
- Tristeza, posso ir com você?
- Ah! Amor, estou tão triste que prefiro ir sozinha.
Passou a alegria, mas estava tão alegre que nem ouviu o amor chamar por ela. Já desesperado, achando que ia ficar só, o amor começou a chorar.
Então passou um barquinho, onde estava um velhinho.
- Sobe, amor que eu te levo.
O amor ficou tão radiante de felicidade que esqueceu de perguntar o nome do velhinho.
Chegando no morro alto onde estavam os sentimentos, ele perguntou à sabedoria:
- Sabedoria, quem era o velhinho que me trouxe aqui?
Ela respondeu:
- O tempo.
- O tempo? Mas, por que só o tempo me trouxe aqui?
- Porque só o tempo é capaz de ajudar e entender um grande amor.

>>

Amar é ter alguém

26/11/2009 14:01

Olhar para dentro de si mesmo,  e dizer:
Eu quero alguém para ser feliz…
É viver intensamente um grande amor.
É sonhar com uma gota de realidade,
e realizar uma gota desse sonho.
É estar presente até na ausência.
Amar é ter em quem pensar.
É razão que ninguém teria razão para nos tirar.
É ser só de alguém e nunca deixar esse alguém só.
É pensar em você tão alto a ponto de você escutar.
Amar é ir até a morte.
É acordar para a realidade do sonho.
É vencer através do silêncio.
É ser feliz até com um pouco quando,
muito não é bastante.
Amar é dar anistia ao seu coração.
É sonhar o sonho de quem sonha com você.
É sentir saudades.
É chegar perto na DISTÂNCIA.
Amar é a força da razão.
É quando os momentos são eternos.
Amar é ser adulto e se sentir criança.
É viver a vida em versos e ao inverso.
É a maior experiência na vida de um homem.
Mas acima de tudo,
Amar é crer em Deus porque Deus é amor.
E foi Deus quem trouxe você para mim

Autor: Paulo Fuentes

>>

Pesquisar no site

© 2009 Todos os direitos reservados.By Nylson

Criar sites grátis em portugues Webnode